Afinal ainda me importo com os Óscares...

Afinal ainda me importo com os Óscares, pois fiquei tremendamente satisfeito ao ver o Amour ser nomeado em cinco categorias. É uma surpresa vê-lo nomeado para melhor filme, visto estar igualmente nomeado para melhor filme estrangeiro. E o Michael Haneke recebe toda a distinção existente, por isso não esperam até 24 de Fevereiro e entreguem-lhe já a estatueta. E igualmente merecida foi a nomeação para melhor argumento original.
Fico contente pela nomeação da Emmanuelle Riva pela sua representação estrondosa. Bem como a nomeação da Naomi Watts pelo filme The Impossible e da Quvenzhané Wallis por Beasts of the Southern Wild
À primeira vista choca-me o The Master não estar nomeado para Melhor Filme, visto o destaque que tem recebido nos vários círculos de críticos nos últimos meses. Ainda não tive oportunidade de ver o filme, por isso não me posso pronunciar sobre a qualidade do mesmo.
Não compreendo a total ausência de The Dark Knight Rises nas categorias técnicas. 
Vou ali ver mais filmes e já volto...

(Lista completa de nomeados: http://oscar.go.com/nominees)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Crítica: Holocausto Canibal (1980)

TCN 2014: Nomeações

A ventoinha de Laura Palmer