A arte dos Posters (XLIV)

Finalmente colmatei duas das minhas incompreensíveis falhas ao visualizar duas obras tão importantes da sétima arte. Ridley Scott, tens o meu respeito. 
Alien (1979)
Blade Runner (1982)

Comentários

  1. oh meu caro, só agora!?! mas isso são duas obras incotornáveis do cinema! :)
    o que achaste? corresponderam às tuas expectativas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, nem tenho perdão para estas falhas. Já me sinto mais enriquecido eheh
      Tinha altas expectativas para o Blade Runner e não saíram defraudadas. A temática sempre me fez ter vontade de o visualizar e revelou-se um argumento muito bem escrito. Todas as questões éticas envolvidas dão-me sempre muito em que pensar. E uma das coisas que mais saltou à vista neste filme foi sem dúvida a fotografia, fiquei fascinado.
      Quanto ao Alien, confesso que não tinha grandes expectativas quanto ao mesmo. Mas tenho que admitir que adorei, ainda mais que o Blade Runner. Já tenho aqui os restantes para ver em breve :) (já tinha apanhado algumas sequências dos 4 filmes na televisão)

      Eliminar
    2. É por isso que estranho sempre que falam muito mal do Ridley Scott, é que independentemente de tudo ele tem estas duas pérolas na carreira. São os meus predilectos dele :)

      Abraço

      Eliminar
    3. Epa Loot só agora é que me deparei com o teu comentário :P Pessoalmente, não posso falar da carreira dele e se o fizesse seria por influência de terceiros. Para além destes dois, apenas vi o Gladiador, o Prometheus e o Hannibal. De uma forma ou outra gosto dos cinco, ainda que o Hannibal seja um elemento fraco na saga em que se insere. Mas se já me é permitido um favorito entre tão poucos filmes, será sem dúvida o Alien :)

      Abraço

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Crítica: Holocausto Canibal (1980)

A arte de comer esparguete

Ecrã de Haneke