Fevereiro em Filmes

Acabo de me aperceber que esta é precisamente a centésima publicação neste espaço. Este mês traduziu-se como um dos melhores em termos de cinema. Fui bastante selectivo nas minhas escolhas e posso afirmar que não saí defraudado da maior parte destas obras. 
Fevereiro foi o mês em que me debrucei mais uma vez na obra de Tarkovskiy. Visualizei os filmes que me faltavam na sua curta obra e estudei-os minuciosamente, de forma a entrar na sua mente e a perceber a linha condutora que se insinua na sua filmografia. Por esse mesmo motivo, grande parte do mês foi dispensado em redor do mestre russo. Foi também o mês em que dei os primeiros passos no mundo de Tsai Ming-liang. Fevereiro ficou marcado pela cerimónia dos Óscares e, por esse motivo, esforcei-me por manter as visualizações em dia no que aos nomeados dizia respeito. Desta selecção destaco principalmente os documentários, que me surpreenderam pela positiva. Este 2º mês de 2013 ficou conspurcado com um dos piores filmes que alguma vez visualizei. 
Creio que nunca o referi, mas para estas listas mensais apenas contabilizo os filmes que visualizo pela primeira vez. Os filmes revistos não constam na mesma. Seguem-se por ordem de preferência:

Filme do mês: Solyaris (1972), de Andrei Tarkovskiy - 10/10
Outros filmes visualizados

Offret (1986), de Andrei Tarkovskiy - 9/10
There Will Be Blood (2007), de Paul Thomas Anderson - 9/10
Inglourious Basterds (2009), de Quentin Tarantino - 9/10
Searching for Sugar Man (2012), de Malik Bendjelloul - 9/10
Wreck-It Ralph (2012), de Rich Moore - 8/10
No (2012), de Pablo Larraín - 8/10
Reservoir Dogs (1992), de Quentin Tarantino - 8/10
5 Broken Cameras (2011), de Emad Burnat; Guy Davidi - 8/10
How to Survive a Plague (2012), de David France - 8/10
War Witch (2012), de Kim Nguyen - 8/10
The Wayward Cloud (2005), de Tsai Ming-liang - 8/10
Flight (2012), de Robert Zemeckis - 8/10
A Torinói Ló (2011), de Béla Tarr - 8/10
House of Fools (2002), de Andrei Konchalovsky - 8/10
Goodbye, Dragon Inn (2003), de Tsai Ming-liang - 7/10
A Royal Affair (2012), de Nikolaj Arcel - 7/10
Kon-Tiki (2012), de Joachim Ronning; Espen Sandberg - 7/10
Primer (2004), Shane Carruth - 7/10
The Master (2012), de Paul Thomas Anderson - 6/10
The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part 2 (2012), de Bill Condon - 1/10

Curtas:

Game Over (2006), de PES - 8/10
Fresh Guacamole (2012), de PES - 8/10
Head Over Heels (2012), de Timothy Reckart - 8/10
Western Spaghetti (2008), de PES - 8/10
The Deep (2010), de PES - 8/10
Vive la baleine (1972), de Chris Marker; Mario Ruspoli - 7/10
Adam and Dog (2012), de Minkyu Lee - 7/10
The Simpsons: The Longest Daycare (2012), de David Silverman - 7/10
KaBoom (2004), de PES - 7/10
Roof Sex (2002), de PES - 7/10

Comentários

Mensagens populares deste blogue

The Great Buddha+, o umbigo e o capachinho

A arte de comer esparguete

Ecrã de Haneke