Figurantes numerados

Nas filmagens de Spartacus (1960), Stanley Kubrick dispôs os corpos dos escravos chacinados atribuindo a cada figurante um número, chamando depois por ele para dar instruções. 

Comentários

  1. e kubrick mostrou-nos que para se fazer cinema é preciso método e plena organização para se atingir o nível da obra prima.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, a junção de todos esses ingredientes em adição a um elevado nível de exigência, contribuíram de facto para a sua perfeita filmografia.

      Abraço

      Eliminar
  2. por falar em Kubrick... sábado 16 (ou seja, amanhã) Clockwork Orange na Cinemateca às 21h30 !

    ResponderEliminar
  3. Já o vi uma vez na Cinemateca! Uma grande experiência vê-lo no grande ecrã, não percas :D

    ResponderEliminar
  4. Pois eu nunca o vi em cinema! antevejo que vai ser a deixa para o meu primeiro Plano kubrickeano... vamos ver que sensações me vai despertar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antevejo que vais sair da sala inspirado eheh :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Crítica: Holocausto Canibal (1980)

TCN 2014: Nomeações

A ventoinha de Laura Palmer