A muleta da imagem (V)

Completa hoje 56 anos aquele que se afirma como um dos meus realizadores predilectos. Falo portanto do polémico Lars von Trier. 
Enquanto não temos outra hipótese senão esperar por The Nymphomaniac, resta ir revendo alguns dos melhores momentos da sua carreira. Dogville (2003) é um filme soberbo que mesmo no decorrer dos créditos finais não perde a sua genialidade. Ao som de "Young Americans" do britânico David Bowie, desfilam imagens que ilustram a pobreza e decadência na América. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

The Great Buddha+, o umbigo e o capachinho

A arte de comer esparguete

Ecrã de Haneke