Cinema à la Aronofsky

Com apenas cinco longa-metragens até à data, Darren Aronofsky afirma-se como um dos realizadores mais promissores da actualidade. Veremos se consegue manter tal título com o seu próximo épico previsto para 2014, Noah.
As minhas preferências no seu cinema: 

  1. Requiem for a Dream (2000) - 10/10
  2. The Fountain (2006) - 10/10
  3. Black Swan (2010) - 9/10
  4. Pi (1998) - 7/10
  5. The Wrestler (2008) - 6/10

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Crítica: Holocausto Canibal (1980)

Ecrã de Haneke

A arte de comer esparguete